quinta-feira, 31 de março de 2011

Pensamento Livre


Quando comecei o blog foi por indicação, nem tinha uma ideia sólida sobre o que escrever. Depois de algum tempo, fui compreendendo que poderia seguir um rumo, ou não, entende? É complexo falar sobre direção, caminho, escolha e verdade, ainda mais quando aprendemos que não existe apenas uma direção, caminho, escolha ou uma verdade. A verdadeira intenção do blog, é compartilhar experiências de modo que, qualquer outra pessoa que leia algum texto possa observar através de sua própria experiência e encontrar algum sentido ou resposta para qualquer coisa.
Não existe um só porque pra tudo, não existe o absoluto, pois sempre alguém vai mostrar seja lá o que for de outro ângulo com outra versão de outra maneira. Escrever sobre algo que acredita é ótimo, é um sinal de que tem opinião, ao contrário de quem não se expressa que sempre vive à sombra dos argumentos de outros. Podemos errar, pois somos livres.
Quem disse que é proibido errar? O erro faz parte da bagagem de nossas experiências no decorrer da vida, não existe uma vida perfeita, não existe aquele que nunca cometeu um erro, engano, equivoco.

Há algumas semanas atrás falando com uma pessoa, senti ela ressentida com algo, fui questionando até chegar ao objetivo. Ela confessou que não se sentia bem em determinados ambientes, que se mantinha calada, pois tinha receio de se manifestar relativo ao assunto do momento e alguém pensasse que ela fosse menos inteligente. Fico me perguntando. Quantas pessoas não são assim, hein?
Acredito que o mal da sociedade moderna é o medo de falhar em qualquer circunstância, e o maior erro está no medo de errar/falhar. Quando temos medo de falhar a probabilidade de errar aumenta consideravelmente. Vamos usar um exemplo clássico; Homens que ficam ansiosos quando a questão é sexo, na realidade existe medo de falhar. E é o que acontece na maioria das vezes. Quando temos medo de errar, ou não somos suficientes ou passamos do ponto. Tipo, excesso de amor e ausência de carinho.

Somos viciados em vitória, tudo pela vitória e sabe por quê? Simples, alguém muito “inteligente” inventou a palavra derrota. Outro alguém com inteligência semelhante um pouco atrasado inventou a frase perfeita para quem não conseguisse a vitória, tente outra vez. Ou seja, você venceu parabéns. Você perdeu, que pena, tente outra vez. O unico perdedor é aquele que não participa.
Certa vez, ouvi uma frase super engraçada, mas que revela a real verdade sobre a existência: “Eu vou morrer sem ver tudo”, de fato iremos morrer sem ver tudo. Sendo assim, nada de se preocupar em saber tudo, pois nunca saberemos. Temos algo surpreendente que é a liberdade de pensar em qualquer coisa, temos o pensamento livre, mas observo que não utilizamos erra ferramenta que faz toda diferença em nossa vida. Vivemos baseados nas regras impostas pela sociedade, o certo e o errado. Pra mim certo e errado são vistos de pontos de vista, o que é certo pra mim pode ser errado pra você como vice e versa. Não existe uma história sobre tudo, existem várias possibilidades, uma verdade não anula a outra, ninguém precisa enxergar tudo do mesmo modo. Por outro lado, precisamos pensar e agir, tomar decisões ou viveremos nossa própria vida para os outros?

O mundo é livre, o mundo é nosso. Ninguém é melhor que ninguém, cada um tem seu ritmo, seu tempo, seu gosto, suas vontades, suas escolhas. O tempo é curto, faça o que deve ser feito, acredite em você antes de tudo.
O que os outros vão pensar de mim?
É simples, questão de escolha. Ou você é o que você é, ou é aquilo que os outros querem que você seja.

Acabo de ler uma frase que resume tudo;

“O homem é o único animal que não aceitar ser o que realmente é”

Blog Music

Veja bem, tudo vai dar certo É só acreditar em quem Conhece o fim de perto Pra discenir cores vibrantes E enxergar o que não vi...