sexta-feira, 13 de novembro de 2009

Tentando um post..

Essa semana é uma daquelas, estou ficando maluco, inquieto, inconformado, não compreendo nada, enfim alguém teria o nome pra isso que tá acontecendo comigo??? Sofrendo de insónia, não consigo se quer dormir um gole durante a noite. Estou sei lá o que estou...rs Meio loco isso, nem às musicas tem me feito bem, ando ouvindo coisa que nem devo hahahaha aaaaaaa tá loco, sai de mim....Nos últimos dias, tenho percebido que se faz necessário em mim, uma grande mudança. Preciso parar de me importar com várias coisas....Ouço muito, e acabo lotando minha mente sobre casos, assuntos, problemas que nem meus são. Usarei o famoso ema ema ema......cada um com seu.....É isso ai. Só não posso reclamar da vida, é tão bom viver, tem tanta gente que daria tudo pra estar na minha situação, então tá lindo hehehehe. Falando nisso, algo que me deixou pensativo, o fato de que às vezes alguém aposta tudo na gente, e nós nada fazemos, nem damos moral, fazemos pouco caso, e descobrimos que o que realmente é importante, é valorizar isso, e não em aventuras, essas que as vezes custam caro para ambos os lados !!!!!!

Bom, é isso.


Aliás, eu nem sei o que to escrevendo, estou realmente tomado pelo bicho preguiça hahahahaha.

P.S: Madrugada regada a Água, Coca Cola, Caetano Veloso, Djavan, Mr Gyn, Saulo Fernandes e claro, Exalta.

P.S: Trabalho, trabalho, trabalho....


"Trancaram-me com mil cadeados, mas se esqueceram, que eu sou a chave"

terça-feira, 10 de novembro de 2009

Poema Anjo.

Hoje eu acordei mais cedoe fiquei te olhando dormir, imaginei algum suposto medo para que tão logo pudesse te cobrir. Tenho cuidado de você todo esse tempo você esta sobre meu abraço e minha proteção tenho visto você errar e crescer, amar e voar, você saberia onde pousar. Ao acordar já terei partido ficarei de longe escondido mas sempre perto, de certo como se fosse humano, vivo vivendo pra te cuidar, te proteger, sem você me ver sem saber quem sou se sou anjo ou se sou seu amor
Afinal, quem eu sou?Seu anjo, ou seu amor? Tenho asas? Anjos aparecem invisíveis Humanos também, quando amam Quero dizer que já não importa mais, saber de onde eu venho Se tudo que sou pra você, é amor E se ainda assim, quiser voar Te levo comigo, te mostro as estrelas Outros alados, Deus, a vida celeste E depois voltamos pra nossa casa até nos amarmos até morrermos Para dizer que é seu o anel Sou seu amor na terra E seu anjo no céu
Saulo Fernandes.

Laerte-se

Há muito já havia visto a divulgação do documentário da Laerte. Num primeiro instante não me chamou muito atenção por compreender o conte...