quinta-feira, 10 de junho de 2010

Meu País

Vou me reservar no direito de não falar sobre Copa do Mundo enquanto o evento estiver acontecendo, depois que terminar é outra história.
Vivemos na minha humilde opinião no País mais lindo dentre todos, temos milhares de problemas, isso está evidente. Distribuímos tudo errado, e seguimos a sina dos ricos mais ricos e pobres mais pobres. Apesar de todos esses problemas, brasileiro não desiste nunca, realmente essa sempre combina com brasileiro, tirando a facilidade criativa, que chamamos carinhosamente de “jeitinho brasileiro”. Como pode um País tão misturado, tão natural ser tão desigual? Convenhamos que a culpa venha dos dois lados, daqueles que comandam e ditam regras e também daqueles que tem em suas mãos o poder de mudar e nada fazem, (nós). Mas, eu ainda não cheguei ao ponto onde quero abordar, quero chamar atenção pra algo que poucos prestam atenção e, é da máxima importância. O calendário do Brasil, já parou e pensou nisso? E posso afirmar que não é só no Brasil que acontece, acredito em vários lugares do mundo, mas como estamos aqui, vamos falar daqui e ponto. Pra tudo temos datas comemorativas, tá certo que em algumas não temos absolutamente nada pra comemorar, ainda assim a data é importante apenas para lembrança. Particularmente eu nem lembro o que já foi comemorado e discutido, vou falar daquilo que lembro e tenha relevância. Carnaval é importante, hum, mais um assunto relevante aqui... Futebol, afinal estamos praticamente dentro da ....(puts, eu falei que não vou falar sobre esse assunto, quase)...Tá, não teve graça eu sei, vamos falar sério. Infelizmente vivemos num País onde datas são mais importantes do que discutir sobre conteúdo da tal data. Vamos ao exemplo mais próximo. Passamos agora dia 5 pelo dia do Meio Ambiente, não vi nenhuma discussão sobre o assunto, não que eu queria, mas é importante conscientizar (já estou cansado dessa palavra), levando em consideração que dia do Ambiente são todos com conscientização diária. Vemos pouca coisa, é cada um se organizando da sua maneira e fazendo aquilo que pode. Tivemos o dia Contra o Abuso e a Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes, essa é até interessante comentar, no Brasil é um assunto delicado, já notou que existem vários assuntos delicados nesse País. Mas quando é pra falar de Carnaval e Futebol, todos tem voz ativa. Ah, tem a bebida alcoólica também, os comerciais são sempre direcionados aos motoristas legais. Gente, não existe motorista legal, existem irresponsáveis, e esses tem que assistir o que é real, não é chocar, mas sim mostrar, fazer entender o mal da combinação. O que mais me deixa intrigado é que quase tudo fica apenas na data mesmo, passou a data, não se fala mais sobre o assunto, assim acontece na maioria delas. Retratos de um País que se diz sério e responsável.

Infelizmente a TV Brasileira no seu todo ainda está longe de oferecer para nós, uma programação realmente proveitosa, algo que realmente de prazer ficar na frente da TV. Da pra contar o que existe na TV que realmente vale a pena perder o tempo pra assistir. Afirmo com tranquilidade que a salvação hoje é a Internet sem sombra de dúvidas, pois muito se fala de controle remoto pra escolher o que deseja assistir, mas escolher o que se o que existe é uma mistura de ruim com pior ainda?

Recebi um e-mail já tem muito tempo, e queria encontrar um motivo para que eu pudesse colocar esse vídeo que realmente é uma publicidade daquelas que emociona, realmente foi cuidadosamente bem feita. Aliás, devo deixar aqui todos os méritos ao Governo de Minas pela maravilhosa iniciativa. Como se trata de uma publicidade de outro Estado, não tivemos a chance de ver aqui (no estado de SP), mas acredito que se tratando de uma campanha para os Idosos, devia ser em nível Nacional, mas tudo bem.


Comercial do Idoso



Esses comerciais são exibidos lá fora, surpreendente. Recebi por e-mail já faz muito tempo, pra ser sincero já tem até mais de ano. Vale a pena pra refletir.

Bebida + Direção

quarta-feira, 9 de junho de 2010

Love's Divine

Então a tempestade caiu sobre mim
E eu senti meu espírito se quebrar
Como pode ver, eu perdi toda minha crença
E me dei conta do meu erro
Mas o tempo esclareceu tudo para mim
E tudo ao meu redor ficou imóvel

Eu preciso de amor, o amor é divino
Por favor me perdoe, agora eu vejo que estava cego
Me dê amor, amor é o que eu preciso para me ajudar a descobrir meu nome

O que estava como uma tempestade se tornou claro
E senti meu espírito voar
Encontrei toda minha realidade
E percebi o que ele levou

Eu preciso de amor, o amor é divino
Por favor me perdoe agora eu vejo que estava cego
Me dê amor, amor é o que eu preciso para me ajudar a descobrir meu nome

Oh eu não aposto (não aposto), não rezo (não rezo)
Me mostre como viver e me prometa que não vai me abandonar
Porque o amor pode me ajudar a descobrir meu nome

Bem, eu tentei dizer que não havia nada errado
Mas interiormente me senti deitado e sozinho
Mas a mensagem aqui estava tão clara de se ver
Acredite em mim

Eu preciso de amor, o amor é divino
Por favor me perdoe agora eu vejo que estava cego
Me dê amor, amor é o que eu preciso para me ajudar a descobrir meu nome

Oh eu não aposto (não aposto), não rezo (não rezo)
Me mostre como viver e me prometa que não vai me abandonar
Porque o amor pode me ajudar a descobrir meu nome

Seal - Love's Divine
http://www.youtube.com/watch?v=iczaDcixBj4


P.S: Realmente é melhor a gente descobrir quanto o amor é importante, antes que seja tarde demais.

terça-feira, 8 de junho de 2010

Algumas coisas

Insônia que me persegue desde muitos anos... Não consigo dormir mesmo, é complicado, mais ao mesmo tempo é engraçado. Pareço um mutante, na hora que tenho que ficar acordado quero dormir. Preciso arrumar um emprego noturno, assim posso ficar mais a vontade.
Antes porem, quero fazer um apelo. Essa piada de errar o Hino Nacional é uma puta falta de respeito. Na realidade, não tem graça nenhuma. Tá certo que às pessoas usam pra fazer comédia, até aí bem comum. Mais realmente é muito chato isso. Na hora de executar o Hino, é vergonhoso. Só ouvi falar, porque pra ser sincero eu não consigo assistir, é muito pra mim. Não estou com isso dizendo que sou o melhor ou isso e aquilo. Na realidade eu fico com vergonha de falta de cobrança, ali é a representação máxima da nossa Pátria, não tem graça rir disso. Erros acontecem, mas com o Brasil até agora aconteceu duas vezes. To puto.



Sabe que aproveitando esses momentos de insônia, eu estou buscando aprender muito mais sobre mim mesmo. Na realidade este é um exercício ótimo, todos deviam fazer. Fazer bem pra mente. Sou muito critico vivo reclamando de tudo, nada está bom pra mim, sempre pode ser melhor. Acredito que pra todos que desejam o bem de alguma coisa, ou acredita em algo deseja o melhor, assim também sou. Mais eu realmente sou ousado, sempre tenho minhas ideias de melhorias e fico colocando defeitos nas ideias dos outros, claro quando estão equivocados. Aprendi algo, não vou mais criticar nada. Simplesmente o mal feito é um reflexo do trabalho feito por aqueles que não sabem o que fazem. Cansei mesmo, estudo, estudo, pesquiso e pesquiso, e no fim eu fico me perguntando; eu estou fazendo isso pra que? Não devemos ser egoístas, mas temos que ter o pensamento de que estamos evoluindo acompanhando as mudanças e viradas do tempo. Enquanto isso, muita gente tenta sobreviver utilizando as mesmices de sempre, isso me deixa puto da vida. Falta criatividade e ousadia, por isso que muitas pessoas tem o pensamento de que quem mora no interior tem a mente pequena. Ninguém cobra aquilo que é do seu direito, simplesmente dizem; deixa pra lá, não da nada não. Errado, temos que cobrar por aquilo que nos foi prometido. Observando a balada atual, o que vemos é: Show, Dupla tal e cervejada à noite toda. Também vemos uma grande parcela de culpa do próprio público, que não busca diferencial. É sempre mesma coisa, a intenção é fazer você beber em grande escala, e não oferece pra ti um ambiente legal que você possa paquerar ou encontrar alguém bacana. A ordem é simples. Ou você bebe, canta e dança ou você está no ambiente errado. O que vejo sinceramente são eventos com depósito de pessoas que são orientadas pelas canções que dizem; Se a sua mulher te largo bebe, se você tá feliz bebe, se você quer beijar bebe, se você quer dançar bebe, se está triste bebe, e etc. Enfim, se não beber não vale a pena. O incorreto sempre fez parte da nossa cultura de sentimentos sobre viver a vida. Eu na minha ignorância nunca tinha notado isso. Ontem mesmo falando com um amigo sobre beber, disse-lhe. Hoje você está bebendo e se divertindo, isso é uma delícia, mas pagaremos (pq eu faço parte tbm) no futuro. Pagaremos pelo excesso. É hora de acordar e notar que a vida não são apenas micaretas, micanejas e outras festas que misturam gêneros músicas para sua e minha diversão nos tendo apenas como um simples produto, aquele que vai lá encher o rabo de álcool, cantar e dançar e muitas das vezes imprudentes saímos e ainda fazemos merda na volta pra casa.

P.S: A crítica não está no evento, mas sim nas nossas atitudes.
P.S: Na mudança de atitude, nós moldamos nossa maneira de agir.


Rosa de Saron - Menos de um segundo




"Cada minuto, é tempo para mudar tudo para sempre"

Toda História Tem Um Começo

Blog Music

Veja bem, tudo vai dar certo É só acreditar em quem Conhece o fim de perto Pra discenir cores vibrantes E enxergar o que não vi...