quinta-feira, 8 de março de 2012

quarta-feira, 7 de março de 2012



Há pessoas tirando onda com sua cara diariamente. Elas se metem na sua vida, dão um golpe baixo e logo desaparecem. Elas te espreitam de cima de edifícios altos, fazendo com que você se sinta pequeno. Elas te provocam de dentro do ônibus, insinuando que você não é suficientemente sexy, e que toda diversão está rolando em outro lugar. Elas estão na televisão, fazendo sua namorada se sentir insegura com suas imperfeições. Elas têm acesso à mais sofisticada tecnologia que o mundo já viu, e te intimidam com isso. São elas os “Anunciantes”, e estão rindo de você. Você, contudo, é proibido de tocá-las. Marcas registradas, direitos de propriedade intelectual e leis de copyright significam que anunciantes maldosos podem dizer o que quiserem, onde quiserem, com total impunidade. Que se fodam.
Qualquer anúncio em espaço público, que não dê a você a opção de vê-lo ou não vê-lo, lhe pertence. É todo seu, para pegar, reorganizar e reutilizar. Você pode fazer o que quiser com ele. Pedir permissão é como pedir para guardar uma pedra que alguém acabou de jogar na sua cabeça. Você não deve nada às empresas. Deve menos do que nada; em especial, você não lhes deve gentileza alguma. Elas devem a você. Elas reorganizaram o mundo para se colocarem na sua frente. Nunca lhe pediram permissão; nem pense em lhes pedir a sua. "
Banksy.

segunda-feira, 5 de março de 2012

Tecnologia

Até onde vai a tecnologia? O céu, seria mesmo o limite?




p.s. Fantástico. Quero também.

Blog Music

Não sou grande fã do sertanejo universitário, mas ouço sem qualquer problema. Não posso ser hipócrita ao ponto de dizer que não ouço/gosto desse tipo de música adotando uma postura conservadora. Meu gosto particular está longe de ser melhor do que o de qualquer outro. Gostei da letra dessa música, e os caras cantam bem, as vozes são agradáveis.





Pra falar do amor de verdade,
Vou começar pela melhor metade
Te mostrar tudo de bom que tenho
E se for preciso eu desenho
Eu amo você,
Que eu quero você

A outra metade é defeito
Você vai saber de qualquer jeito,
Anjo ou animal, suave ou fatal
O que de um grande amor se espera
É que tenha fogo,
Que domina o pensamento
E traga sentido novo

Que tenha paixão, desejo,
Que tenha abraço e beijo
E seja a melhor sensação,
Que preencha a vida vazia,
Mande embora a agonia
E que traga paz pro coração,
É você, é você

Que preencha a vida vazia,
Mande embora a agonia
E que trouxe paz pro coração
Que preencha a vida vazia,
Mande embora a agonia
E que é dona do meu coração,
É você, é você


E pra falar do amor de verdade
Vou começar pela melhor metade,
Te mostrar tudo de bom que tenho
E se for preciso eu desenho
Que eu amo você,
Que eu quero você

E a outra metade é defeito
E você vai saber de qualquer jeito,
Anjo ou animal, suave ou fatal
O que de um grande amor se espera
É que tenha fogo,
Que domina o pensamento
E traga sentido novo

Que tenha paixão, desejo,
Que tenha abraço e beijo
E seja a melhor sensação,
Que preencha a vida vazia,
Mande embora a agonia
E que traga paz pro coração,
É você, é você

Que preencha a vida vazia
Manda embora a agonia
E que trouxe paz pro coração
Que preencha a vida
Manda embora a agonia
E que a dona do meu coração
É você, é você

E pra falar do amor de verdade
Vou começar pela melhor metade

Lima Duarte

Este é um raro momento em que me emociono ao ver televisão. Lima Duarte, muito humano.

Depoimento lúcido de Zé Celso sobre Eduardo Suplicy.

Laerte-se

Há muito já havia visto a divulgação do documentário da Laerte. Num primeiro instante não me chamou muito atenção por compreender o conte...